Terça-feira | 16/10/2018
▸ Acompanhe nas redes

COLUNISTAS
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

10/10/2018 - 19:05

A vida é muito curta para não ser feliz

Tarcísio Barbosa

 

Tarcísio Barbosa 
 
A vida é tão curta pra vivermos infelizes, seja feliz,  pois a felicidade é muito simples, ela está no abraço, num gesto, num sorriso...
 
A vida  é muito curta para não ser feliz.  Ria, cante, grite, divirta-se, aproveite cada instante da sua vida. Vá em  busca de seus sonhos.  Não deixe que ninguém faça você  infeliz. Perdoe os erros das pessoas, mas sem esquecê-los. Aprenda a viver sua própria vida. Faça o que você quiser, mas seja feliz. A felicidade é tudo o que eu quero. Pare de mudar de opinião. Pare de criar caso  a todo instante.  E pare, eu lhe suplico, de não ter confiança em si mesmo.  Você tem tudo para si, mas nem se dá conta.  De qualquer modo, se você  não amar a si próprio, não poderá amar  uma outra pessoa.   Tenha consciência de que você é  como todo mundo. Pois mesmo aqueles que o impressionam têm sua fraqueza.   Junte-se a pessoas felizes,  de alto astral
 
A vida é muito curta para ficarmos cuidando da vida dos outros.  Não deixe de fazer nada que você tem vontade. Viva a sua vida, pois a vida é muito, muito curta. Vamos vivê-la  sem medo de sermos felizes, sem medo da opinião alheia.
 
A vida é muito curta para que você implore amor  a alguém. O amor tem que acontecer, tem que ter mão dupla. Se há  uma coisa nessa vida que não se implora é amor.
 
A vida é muito curta para que você fique esperando por alguém, pois quem quer estar com você  não vai perder nenhum minuto e vai dar  um  jeito para tal.
 
A vida é muito curta para que você não lute pelos seus sonhos,  pois a vida sem sonhos,  amores e paixões não vale a pena ser vivida..  
 
A vida é muito curta para que você não dance suas músicas favoritas, não frequente os points de sua cidade, tenha muitos amigos,  enfim, não faça aquilo que gosta, mesmo que a sociedade não aprove. A  sociedade que sifu, pois sua finalidade  é ser feliz nesta vida.  Na outra  vida,  deixe para quem quiser e pra quem acredita nela.
 
A vida é muito curta para que você a passe fazendo regimes alimentares de fome.  
 
A vida é muito curta para que você não encha a cara de vez em sempre, abrace todo mundo, faça declarações de amor, mesmo que falsas…   
 
A vida é muito curta para   você trabalhar em demasia e sobrar pouco tempo para o lazer. 
 
A vida é muito curta para que você não mande todos aqueles chatos  para  o raio que os parta e siga em frente.  
 
A vida é muito curta para você  ser uma pessoa mal humorada.  
 
A vida é muito curta pra você, na velhice, não fazer aquelas coisas que não fez na juventude por falta de grana.  Morar bem, viajar, ter  um conversível vermelho – eu tenho um -  da cor da paixão que você deve ter pela vida.     
 
A vida é muito curta para, depois de uma queda, não dar a volta por cima.
 
A vida é muito curta para ser normal, todo(a) certinho(a), cometa, no mínimo, pequenos   erros.
 
A vida é muito curta para não dizer  foda-se de vez em quando. A vida só é muito curta para não ser feliz, para vivê-la sozinho(a), prenda-se a alguém pelos laços do amor e  seja feliz aqui na terra .
 

O mais é nada! (Fernando Pessoa) 

VEJA MAIS

Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS