▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / economia
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

14.05.2018 - 18:50  |  Base comunitária

Comissão de Turismo visita Novo Airão

Assessoria de Imprensa

Francisco Souza cobra mais atenção para o setor

 O desenvolvimento do Turismo no Amazonas pautou as discussões da Oficina de Turismo de Base Comunitária e Empreendedorismo realizada na sexta-feira, 11, em Novo Airão, sob a coordenação do deputado Francisco Souza (Podemos), presidente da Comissão de Turismo e Empreendedorismo, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Ctur/Aleam).

 
Durante a oficina, realizada sede da Fundação Almeida Malaquias, no município de Novo Airão, distante 194 quilômetros de Manaus, Francisco Souza apontou a necessidade da concentração de esforços no desenvolvimento de ações destinadas a fortalecer as potencialidades de cada município e a fomentar as atividades turísticas de acordo com as vocações locais. 
 
“O governo precisa olhar com outros olhos a setor do turismo no Amazonas, que conta com grande potencial, mas ainda não encontrou a fórmula ideal para transformar os recursos disponíveis em instrumento gerador de riquezas, de emprego e renda para os amazonenses e impostos para o estado”, disse ele, destacando que Comissão está em todo o Amazonas, realizando audiências públicas, fazendo visitas técnicas e ouvindo os profissionais que atuam no setor.
 
Mais opções
 
O secretário Kleber Bechara destacou que 80% das pessoas que vivem de turismo no município de Novo Airão, atuam somente com restaurantes e pousadas. 
 
“A cidade precisa de novos atrativos! Hoje o turista vem aqui para ver o boto e só. Precisamos fomentar novidades e mostrar que podemos oferecer mais. Isto não é apenas um problema da nossa cidade e sim de todos os municípios”, declarou o secretário.
 
Já a palestra sobre turismo de base comunitária, ficou a cargo da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), que atua em 586 comunidades e localidades do Estado, atendendo 9.607 famílias em unidades de conservação. 
 
Segundo Jousanete Lima, o setor vem se desenvolvendo lentamente no Amazonas, porém já existe muitos frutos. “Atualmente, das 19 comunidades que possuem atuação da FAS, oito delas desenvolvem atividades turísticas, apoiando sete grupos de artesanato e dez empreendimentos turísticos. Isto fixa as pessoas em suas comunidades dando uma vida digna para quem mora no interior”, destacou. 
 
A oficina contou com a participação do presidente da Fundação Almerinda Malaquias (FAM), Jean Daniel Valloton, do secretário de Turismo de Novo Airão, Kléber Bechara, dos representantes da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), coordenadora Regional Negro Amazonas do FAS, Jousanete Lima Dias, do coordenador de Empreendedorismo e Negócios Sustentáveis do FAS, Wildney Morão, e da estagiária do FAZ, Camila Matos, e do técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae),  Carlos Fábio, 
 
O secretário Municipal de Turismo do Careiro da Várzea, Vivaldo dos Santos, também prestigiou o evento, juntamente com a agente de Desenvolvimento da Sala do Empreendedor do Careiro Castanho, Esilize Costa, da secretária Municipal de Turismo de Careiro Castanho, Alcidia Fernandes, bem como representantes do trade turístico, profissionais da área e moradores do município.
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS