▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

11.03.2019 - 16:45  |  Taxa do lixo

Marcel lembra que prefeito não criou a roda e que a taxa do lixo era embutida no IPTU

Assessoria de Imprensa

Marcel Alexandre afirma que a prefeitura só está cumprindo a lei

 

Marcel afirma que manifestações contra a taxa do lixo são discurso de palanque da oposição

Por Warnoldo Maia de Freitas
 
O líder do prefeito na Câmara Municipal de Manaus, Marcel Alexandre (PHS) rebateu as críticas de Chico Preto contra a cobrança da taxa de lixo em Manaus, que deverá ser iniciada a partir do segundo semestre deste ano, e destacou que o prefeito Arthur “não criou roda e só está cumprindo determinações da Justiça”.
 
Segundo ele, as manifestações de Chico Preto “são discurso de palanque da oposição” e fazem parte de uma estratégia de promoção política visando as eleições de 2020, colocada em prática pelo colega para ganhar visibilidade e tentar conquistar simpatias.
 
“Anteriormente a taxa do lixo era embutida no IPTU e todo mundo pagava. Depois foi desmembrada. O prefeito Arthur não criou taxa nenhuma. Essa taxa do lixo foi criada em 2010, na administração do ex-prefeito Amazonino Mendes, e estava sub judice (sob apreciação judicial”, explicou, lembrando que a política de resíduos sólidos brasileira foi elaborada tomando por base a política mundial.
 
Marcel lembrou, ainda, que o Tribunal de Justiça do Amazonas julgou improcedentes as Ações Diretas de Inconstitucionalidade que impediam a cobrança da taxa, e agora a Prefeitura não tem outro caminho a não ser cobrar a taxa ou correr o risco de responder por omissão e até mesmo por improbidade administrativa.
 
“A Prefeitura de Manaus não está criando nada, apenas está cumprindo a lei”, completou.

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS