Quinta-feira | 24/05/2018
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

07.05.2018 - 12:45  |  CIDADANIA

Plínio combate desperdício de alimentos

DIRCOM - CMM

Plínio Valério

 Parlamentar lembra que supermercados jogam no lixo, todos os dias, alimentos com pequenos amassados que poderiam ser doados às famílias carentes

 

Por Warnoldo Maia de Freitas

 

O vereador Plínio Valério (PSDB/AM) encaminhou na manhã da segunda-feira, 07, à Mesa Direto da Câmara Municipal de Manaus (CMM) projeto de lei destinado a combater o desperdício de alimentos como hortaliças, frutas e verduras com pequenos machucados, que são jogadas no lixo todos os dias pelos supermercados da cidade.
 
De acordo com o parlamentar, apesar de ligeiramente amassados, com pequenos machucados, levemente descoloridos, feios ou fora do padrão, tais alimentos podem ser perfeitamente aproveitados e deveriam ser doados para famílias em situação de risco alimentar ou instituições responsáveis pela prestação de assistência a milhares de pessoas.
 
Receio
 
Segundo o parlamentar, com receio de multas e até pressão, os donos de supermercados mandam jogar toneladas de produtos no lixo, daí a necessidade de uma lei no âmbito municipal que trate do assunto.
 
“Dados oficiais atestam que o resultado dessa limpeza gira em torno de 10 a 50 por cento das hortaliças, frutas e verduras produzidas no país viram lixo”, destaca. “O objetivo da nosso projeto-de-lei é ajudar a reduzir o desperdício de alimentos, pois alimentos desperdiçados se tornam um problema crescente com implicações econômicas, sociais e ambientais", completa.
 
Citando números da Organização de Alimentos e Agricultura da ONU, Plínio afirma que um terço dos alimentos produzidos no mundo, cerca de 1,3 bilhão de toneladas, no valor 750 bilhões de dólares - cerca de 2,6 trilhões de reais - acabam no lixo todos os anos, causando enorme prejuízo financeiro, social e ambiental.
 
“Os consumidores se preocupam mais em comprar alimentos com bom tamanho e aparência impecável. Para satisfazer as necessidades dos clientes os supermercados mantêm trabalhadores dia e noite separando e jogando fora alimentos considerados fora do padrão”, observa, destacando que está empenhado no desenvolvimento de ações destinadas a combater o desperdício de alimentos em Manaus e a promover a cidadania e a qualidade de vida das pessoas em situação de pobreza.
 
O projeto-de-lei tem como coautores os vereadores Felipe Souza (PHS) e Wallace Oliveira (Podemos).
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS