Terça-feira | 16/10/2018
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

17.05.2018 - 11:05  |  CRISE NA SAÚDE

Sabá pede para Amazonino acabar com filas no Pam-Codajás e gastar menos com publicidade

Assessoria de Imprensa - ALEAM

Sabá Reis diz que propaganda do governo é um deboche

 Deputado classifica de deboche do governo Amazonino a ”propaganda enganosa exibida na televisão” que diz que as questões da saúde estão resolvidas


Por Warnoldo Maia de Freitas
 
O deputado estadual Sabá Reis (PR) pediu na manhã da quinta-feira, 17, para o governador Amazonino Mendes (PDT) “deixar de gastar tanto em publicidade para enganar a população” e resolver o problema das filas registradas todas as madrugadas em frente ao Pam-Codajás, na Cachoeirinha, por pessoas humildes que buscam sem sucesso atendimento médico.
 
Sabá também fez questão de destacar que a ameaça de Amazonino Mendes, de “lançar uma bomba”, de denunciar um ato ilícito ocorrido na gestão do governador interino David Almeida, que abalaria a República, não passou do popularmente “peido de velha”, uma famosa bombinha caseira, muito usadas nos festejos juninos, que exala um cheiro forte quando se ateia fogo nele.
 
“Tudo por conta do período eleitoral, porque estão tentando encarunchar, colocar uma nódoa na gestão do David Almeida. Se não dá para resolver o problema das filas, podem parar de deixar de gastar com propaganda, porque não atendem, não resolvem o problema de quem precisa e busca atendimento médico, mas tentam enganar as pessoas dizendo que está tudo resolvido.

Deboche
 
Durante o seu pronunciamento o parlamentar lembrou que o Governo do Estado já gastou mais de R$ 28 milhões em publicidade e classificou de “deboche com a população a propaganda governamental dizendo que as questões da saúde no Amazonas estão resolvidas”.
 
“Muitas pessoas chegam por volta das 17 horas no Pam da Codajás, na Cachoeirinha, para tentarem ser atendidas na manhã do dia seguinte. Passam a noite e a madrugada na calçada, ao relento, e nem sempre elas conseguem o atendimento que desejam.  Isso não deve envergonhar apenas este governo, mas a todos nós”, disse ele, destacando que muitas pessoas vêm do interior e se submetem a tal “humilhação e sacrifício”, mas não conseguem resolver seus problemas.
 
Sabá Reis reconheceu que o problema é “uma chaga antiga, que vem de vários governos”, e disse que, de um modo geral, todos os governos anteriores falharam na busca da sua solução por diversas razões.
 
“O governo interino do David Almeida, por exemplo, com o apoio do deputado Ricardo Nicolau, se esforçou, mas não contou com o tempo necessário para poder fazer mais do que fez. Eu não estou aqui para criticar este governo, porque, na minha simplória opinião, este governo está com os dias contados. Mas, este governo é um mentiroso contumaz, porque diz na sua propaganda que os problemas na saúde estão resolvidos e eles não estão”, explicou.
 
O deputado disse, ainda, que não gosta de ouvir de colegas, “de quem gosta muito”, que ele é irresponsável por adotar condutas combativas “às ações inadequadas do Governo do Estado”, e disse que se ele é chamado de irresponsável por suas críticas, gostaria de saber como classificar o governador por suas condutas.
 
“Se sou irresponsável o que posso atribuir a esse governo? Mas, mesmo assim compreendo os colegas que tentam justificar ao governador que estão aqui para defender o governo. Defendam ao governo, mas, primeiro, defendam as pessoas. Digam ao Martinelle (Marcos Martinelli, marqueteiro de Amazonino), que quando ele faz propaganda enganosa, ele prejudica muito mais o governador Amazonino Mendes”, argumentou, reafirmando considerar muito duro “aguentar esse deboche do governador”.
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS