Terça-feira | 16/10/2018
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / geral
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

03.08.2018 - 18:40  |  DENÚNCIA

TCE do Amazonas é acionado para investigar acusação de Ari contra Josué

Reprodução

O bate-boca dos conselheiros mereceu a atenção de parte da imprensa

 Apesar da gravidade dos fatos, “nenhum ato para apurar a veracidade das acusações foi providenciado pelo TCE”, afirma Carlos Santiago


Por Warnoldo Maia de Freitas
 
O bate-boca protagonizado no início da tarde do dia 24 de julho, no plenário do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM), durante o qual o conselheiro Ari Moutinho acusou o colega Josué Filho de "achacar" prefeitos não foi esquecido e virou o objeto de uma Representação individual do cientista político Carlos Santiago, membro do Comitê de Combate à Corrupção e Caixa Dois no Amazonas.
 
No documento o cientista destaca que, apesar da gravidade das denúncias "nenhum ato para apurar a veracidade das acusações foi providenciado pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas" e lembra que foram feitas “acusações duras e sérias contra conselheiros, que incluíram até mesmo o desafio para a apresentação do Imposto de Renda”.
 
"Não custa lembrar que conduta ilibada é um dos critérios constitucionais para ser escolhido conselheiro dos tribunais de contas do país, assim como o seu exercício na função de conselheiro, buscando agir corretamente, com honra, sem corrupção e com o interesse público", argumenta Carlos Santiago na sua Representação contra os conselheiros Ari Jorge Moutinho da Costa Júnior e Josué Cláudio de Souza Filho.
 
A questão é séria e merece uma atenção especial das autoridades competentes, porque, os maledicentes andam contando histórias cabeludas que deixam em dúvida a conduta de muitos profissionais da área.
 
Resposta
 
De acordo com a assessoria de imprensa do TCE/AM, a representação do advogado foi encaminhada à Corregedoria Geral do TCE pela conselheira-presidente Yara Lins dos Santos e tudo será apurado pelo conselheiro-corregedor Júlio Cabral, que, em análise preliminar do vídeo na íntegra da 24ª Sessão, não identificou a palavra ACHAQUE em nenhum dos trechos.
 

Confira alguns trechos da Representação  
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS