▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

11.09.2018 - 19:15  |  CHAPA CONFIRMADA

Vanessa aposta em vitória de Haddad e Manu

Reprodução

Vanessa Grazziotin está otimista

 
A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) disse que a atitude do Partido dos Trabalhadores (PT) - confirmação do nome de Fernando Haddad na corrida pela disputa presidencial - consolida a chapa no segundo turno e, posteriormente, na vitória. A parlamentar também dá destaque ao momento em que o seu partido vive ao ter na vice-presidência o nome de Manuela D'Ávila.
 
"Agora, o cenário eleitoral muda. Vivíamos uma indefinição porque, enquanto concorria como vice-presidente, Haddad era deixado de fora dos debates, excluído da programação de todos os canais de televisão. Agora, ele vai consolidar uma posição que o levará ao segundo turno", disse a senadora.
 
Vanessa destacou os números da última pesquisa divulgada pelo DataFolha, divulgada ontem, onde Haddad cresceu 5 pontos percentuais.
 
"Ele foi o candidato que mais cresceu e sem ser candidato. Agora, sendo candidato, deve avançar", aposta.
 
A senadora ressaltou que a atitude tomada hoje pelo PT não reflete o que queriam, mas que a união neste momento será fundamental para a retomada dos projetos de Lula para o povo brasileiro.
 
"Era um direito legal que Lula tinha mas, não podendo, sabemos da nossa obrigação, do nosso amor. A decisão dele contará com nosso empenho", garantiu a senadora.

PCdoB na cabeça
 
Antes, pré-candidata à presidência, Manuela retirou seu nome da disputa em prol da união entre PCdoB e PT. Agora, disputando a presidência ao lado de Haddad, a ex-deputada foi elogiada por Vanessa.
 
"Ela era nossa pré-candidato à presidência. Fez uma pré-campanha extraordinária e, mesmo sem recurso, sem mídia, sem nada, ela chegava a 3 ou 4 pontos, inclusive empatando com Haddad em muitos cenários", destaca a senadora. "Nessa hora a gente tem que concorrer para vencer e, para isso, a gente não pode sair tudo separado. Ela é mulher jovem e muito capacitada, muito preparada", completa Vanessa.

Ato em Curitiba
 
A confirmação dos nomes de Haddad e Manuela foi feita no final da tarde desta terça (11), em frente à sede da Polícia Federal, onde Lula está preso há cinco meses.
 
Na ocasião, foi lida uma carta escrita pelo ex-presidente lamentando a injustiça sofrida, relembrando sua trajetória política e indicando o nome de Haddad em substituição ao seu.
 
"Ele será meu representante nessa batalha para retomarmos o rumo do desenvolvimento e da justiça social. Se querem calar nossa voz e derrotar nosso projeto para o País, estão muito enganados. Nós continuamos vivos, no coração e na memória do povo. E o nosso nome agora é Haddad", diz Lula na carta.
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS