Quarta-feira | 25/11/2020
▸ Acompanhe nas redes

DIRETO AO PONTO
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

16/11/2020 - 17:05

David Almeida cresce na preferência popular e torna-se alvo dos caciques

David Almeida

"A onda cheeegou ..."

Por Warnoldo Maia de Freitas


Embalada pela vontade popular, que já não suporta mais as práticas da velha política, a onda David Almeida está crescendo de forma expressiva em todos os cantos da cidade e incomodando os caciques amazonenses, que passaram a patrocinar de forma mais frequente Fakes News e desisformação para tentar confundir aos eleitores desavisados.


Acostumados a mandar e desmandar no Amazonas, certos políticos não suportam a ideia da renovação, porque ela implica em perda de poder e do acesso às verbas públicas, que eles estão acostumados a atacam freneticamente com o objetivo de tirar o máximo proveito no menor espaço de tempo, como comprovam as inúmeras operações colocadas em prática pela Polícia Federal para neutralizar as ações de quem  insiste em andar por "Maus Caminhos".


No domingo passado, dia 15 de novembro, o eleitor deu o seu recado, nas urnas, e mostrou que quer, realmente mudanças, e colocou por terra as artimanhas de quem insistia em vender uma vantagem mostruosa do ex-governador Amazonino Mendes (Podemos), diante do candidato David Almeida (Avante) e o que se viu, encerrada a contagem dos votos, foi uma diferença de apenas 15.159 votos em favor do representante da velha política.


E ironicamente, tomando por base os números da tabela do jogo do bicho, deu JACARÉ a favor de Amazonino Mendes, o político que, recentemente, posicionou-se contra o povo paraense, ao dizer a uma invasora de uma área na periferia, que ela deveria morrer.


E para quem não sabe a carne de JACARÉ é sensivel como a do peixe, assemelha-se ao pirarucu, é rica em proteinas e muito apreciada pelos paraenses, cujos membros da colônia que mora em Manaus pode ajudar a aposentar o velho cacique, o conhecido Negão, se mobilizar-se e passar a apoiar o seu adversário.


Na largada dessa nova eleição, David Almeida já anunciou que não vai trabalhar olhando pelo retrovisor, mas sim pelo parabrisa, para identificar em tempo hábil as melhores soluções para os problemas de Manaus.


E a julgar pelo resultado das urnas, os ataques contra David Almeida não vão surtir os efeitos desejados pelos seus adversário, porque a onda da mudança chegou para ficar e para transformar.


E como diz a letra da música, "A onda cheeegou, Vamos todos dar as mãos e lembraaaaar que somos todos irmãos!


Tantos vão morreeeendo, Tentando encontaaaar, Uma chaaance, Um motivo pra sonhaaaaar.


Fácil fiiiingir, Que não há o que faaazeeer, E que alguém, Um dia vaiiii resolveeer.


Somos todos parte de algo bem maioooor.


E no fim, Queremos só AMOOOORRR.

 

 

 

VEJA MAIS

Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS