Quarta-feira | 25/11/2020
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

22.10.2020 - 17:30  |  Amazônia

Mourão vem a Manaus nos próximos dias com delegação estrangeira, revela Josué Neto

Assessoria de Imprensa

Hamilton Mourão e Josué Neto

 Presidente da ALE-AM foi a Brasília conversar com Hamilton Mourão sobre projetos destinados a fomentar o desenvolvimento sustetado do Amazonas


Depois de participar de uma reunião com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), na quarta-feira, 21, em Brasília, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), Josué Neto (PRTB/AM), revelou na manhã desta quinta, 22, que o general vem a Manaus nos próximos dias, com representantes da França, Noruega e outros países.

Josué aproveitou o encontro em Brasília para discutir com o vice-presidente Hamilton Mourão pautas voltadas à promoção do desenvolvimento sustentado do Amazonas, particularmente destinadas a agilizar o aproveitamento das riquezas minerais do estado, a bioeconomia e a melhor maneira de o Conselho da Amazônia participar desse processo.

A reunião com Mourão ocorreu no gabinete da vice-presidência, onde também estavam investidores de Israel e empresários israelenses do ramo de tecnologia de exploração de minérios. 

“O Brasil não conhece a exploração da mineração sem destruir a natureza e esse grupo israelense, empresários, afirmam que já tem a tecnologia, e é de se acreditar porque Israel é o país que mais investe em tecnologia no mundo e por isso tive o empenho de pedir essa audiência e tratar do assunto mineração, que está inserido na economia, que está inserido na realidade da Amazônia e que a mineração é pauta do Governo Federal”, disse o presidente da Aleam. 

Josué acredita que a mineração vai trazer desenvolvimento econômico para o Amazonas. Ele relembrou que recentemente, a Polícia Federal desarticulou uma organização criminosa, que lucrava R$ 200 milhões, por mês, com a exploração ilegal de ouro e diamantes em Roraima. “É por isso que a ação da mineração é algo que no futuro próximo, com a tecnologia, com a ciência, trará desenvolvimento pro nosso Estado”, destacou. Para ele, a regularização da atividade vai facilitar fiscalização, reduzir danos ao meio ambiente e ajudar a combater a mineração ilegal. 

Bolsonaro
Ainda durante o discurso, Josué agradeceu o presidente da República, Jair Bolsonaro, por manter as vantagens comparativas da Zona Franca de Manaus (ZFM) em relação aos concentrados, que é o insumo dos refrigerantes.

Josué lembrou que a mineração e a bioeconomia são pautas do Governo Federal para o desenvolvimento do país. 

Na última terça-feira (20) o Governo Brasileiro firmou um acordo com o Banco de Exportação e Importação dos Estados Unidos (EximBank) para investimentos de até US$ 1 bilhão (R$ 5,6 bilhões) no Brasil. Os valores podem ser investidos nas áreas de mineração, energia, gás natural, infraestrutura, logística, entre outros.





 
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS