Quarta-feira | 20/10/2021
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / geral
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

04.10.2021 - 19:05  |  AGONIA GERAL

Redes sociais saem do ar e muitos entram em colapso

 Estamos reféns das redes sociais? Biscoiteiros e stalkeadores sofreram crise de abstinência 


Por Warnoldo Maia de Freitas

Reféns das "urgências do momento" muitos entraram em colapso nesta segunda-feira, 04/10, porque os aplicativos Facebook, Instagram e WhatsApp "saíram do ar", sem aviso prévio, e os deixaram "sós", perdidos na solidão da vida cootidiana, sem poder bater papo com os amigos, parentes e agregados.

Muitos viveram momentos de angústia, antes de saber que as "redes sociais" encontravam-se fora dos "armadores" e não estava sendo possível, no momento, embalar conversas, fruticas e mensagens "urgentes".

O excesso de velocidade imposto às relações nas redes sociais acabou brecado, de uma hora para outra, sem explicações, gerando prejuízos variados a bilhões de pessoas mundo a fora, particularmente às que só sabem viver plugadas nos aplicativos.

A queda dos principais aplicativos deixou os biscoiteiros desesperados, porque ficaram impedidos de fazer o que mais gostam: fazer de tudo para chamar a atenção na internet.

Também deixou desesperadas aquelas pessoas que gostam de STALKEAR a vida dos outros, espionar ou perseguir as atividades de uma outra pessoa nas redes sociais.

Quer dizer, sem poder vigiar tudo o que os outros estavam fazendo na internet. esses "stalkeadores" acabaram tento crise de abstinência.

Deu PT, perda total, e a tarde não foi a mesma para milhões de usuários das redes sociais e quem queria SHIPPAR acabou ficando só na vontade, porque não consguiu fazer contato com a outra parte do SHIPP.

Estamos reféns das redes sociais? Estamos deixando de fazer outras coisas interessantes só para ficar ligados. Estamos deixando de viver?

Na tarde desta segunda-feira, 04/10, a agonia foi geral, mas a pane serviu para mostrar para muita gente que a vida é muito mais do que fotos e likes.

Portanto, vamos ficar MEC, porque a rede FLOPOU, mas depois voltou.

E a vida segue, porque ela não é feita só de redes sociais.
 
 
 

 

 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS