▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / cidade
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

29.04.2019 - 17:20  |  REVITALIZAÇÃO

Recuperação das ruas do Distrito Industrial de Manaus devem começar em maio

Foto: Andrés Pascal

Arthur Neto entrega documentos a Alfredo Menezes

A expectativa é a de que a parte burocrática seja concluída em maio para o início das obras   

 

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e a Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) tornaram públicos nesta segunda-feira (29), na sede da autarquia, os trâmites finais para o início das obras de revitalização da malha viária do Distrito Industrial Marechal Castello Branco, onde se concentram as empresas incentivadas do Polo Industrial de Manaus (PIM), que vão exigir um investimento de R$ 136 milhões.
 
O anúncio foi feito pelo superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, e pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, em companhia do Procurador da República do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM), Leonardo Galiano, do procurador-chefe junto à Suframa, Cassiano Calandrelli, e de secretários municipais e técnicos da Superintendência.
 
Documentos
 
Hoje, a Prefeitura entregou à Suframa os últimos documentos referentes aos lotes 2 e 3 (o lote 1 precisou ser revisto pelo Executivo Municipal), para que os técnicos da Autarquia do setor de convênios - que acompanharam todo o processo - e o procurador-chefe junto à autarquia possam fazer a análise final do projeto. 
 
Após a checagem destes itens, se não houver correções, poderá ser feita a autorização para a liberação dos recursos obtidos pela autarquia a partir de emenda parlamentar. A expectativa é que todo esse trâmite seja autorizado até maio, quando poderão começar as obras. 
 
Alfredo Menezes afirmou que todas as ações preliminares já foram tomadas e os possíveis entraves sanados. 
 
"Agora basta checar a documentação. Nosso procurador, bem como a nossa equipe técnica, está ciente de todo o processo e acreditamos que possamos entregar a nossa parte até a semana que vem", disse o superintendente.
 
Sobre a área a ser atendida inicialmente pelo cronograma apresentado, o titular da Suframa destacou que "o processo será iniciado a partir dos lotes 2 e 3, possivelmente a partir da rotatória da Samsung (na Av. Autaz Mirim). O lote 1 será licitado posteriormente, no fim do mês de maio". 
 
Para o prefeito de Manaus, a obra de revitalização "vai permitir dar à sede de um dos maiores polos industriais do País a imagem de cartão postal que a região merece, levando uma melhor imagem aos investidores, permitindo a atração de investimentos e beneficiando diretamente a sociedade amazonense". 
 
O apoio do MPF nesta ação é visto como essencial para a realização de um trabalho transparente e eficaz, segundo reforçou Arthur Virgílio Neto. "Pedimos que o Ministério Público Federal participe desta iniciativa, fiscalizando a obra para que seja exemplar", pontuou.
 
O Procurador da República, Leonardo Galiano, afirmou que o Ministério Público Federal já vem acompanhando essa questão da recuperação da malha viária do Distrito Industrial de Manaus há anos, em especial a questão do ente público que seria responsável pela manutenção destas vias. 
 
"O procedimento de acompanhamento do Ministério Público Federal ocorre justamente para fazer o monitoramento da parceria Suframa-Prefeitura, para que qualquer necessidade de adequação ou demais orientações e recomendações sejam expedidas a fim de que se evite que a ação tenha qualquer tipo de solução de continuidade e que o recurso público seja eficientemente utilizado". 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS