Quarta-feira | 20/10/2021
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / esporte
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

05.10.2021 - 14:25  |  Norte e Nordeste

Amazonas dá show na água e ganha 35 medalhas com oito atletas

Assessoria de Imprensa

Equipe Pedro Nicolas

Delegação amazonense deu show na água e conquistou 35 medalhas

Com uma delegação de oito atletas na disputa, sendo seis do Instituto Pedro Nicolas e dois do Instituto Bindá, o Amazonas conquistou 15 medalhas de ouro, 12 de prata e oito de bronze, no Campeonato Norte Nordeste de Clubes Mirim e Petiz – Troféu Kako Caminha, em Maceió – Alagoas. Ocorrido nos dias 1º e 2 de outubro, a competição mostrou a ascensão e qualidade dos atletas amazonenses.
 

Acostumada ao lugar mais alto do pódio, a atleta Adriele Marcela foi um dos destaques do Norte Nordeste e foi a que somou mais medalhas de ouro, um total de seis, o que ajudou a equipe do Instituto Pedro Nicolas a conquistar o titulo de campeão da categoria Petiz 1 e posicionando o clube entre os cinco melhores da competição. Perguntada sobre o sentimento dessa vitória, a atleta não escondeu a satisfação. “Estou muito feliz. Essas conquistas me deram bastante alegria e me senti mais calma nas provas. Em dezembro terei a competição do Sul Sudeste e já estou me preparando para dar o meu melhor também”, destacou Adriele.

Adriele exibe suas medalhas
 
Para o treinador da equipe, Leandro Freire, mesmo com um número reduzido de atletas, todos os nadadores foram muito bem. “Sem dúvida há um destaque maior para as meninas que ganharam mais medalhas de ouro. Adriele conseguiu seis e Juliana Hayashi conquistou quatro. Porém, todos nadaram bem, baixaram suas marcas pessoais e isso fez com que conseguíssemos o título do Petiz 1 e ficar na quinta colocação no campeonato. Essas marcas são muito importantes para nós, afinal, fomos somente com seis atletas, então, foi excelente para a equipe”, comentou Freire.
 
Força de vontade
 
Esdra e Ketlen 
 
 
Pelo Instituto Bindá, somente os atletas Esdras Maciel e Ketlen Cristine, ambos com nove anos de idade, representaram o clube. Tanto o clube quanto os atletas, são estreantes em competições nacionais e o destaque do time foi o Esdras que, na estreia, trouxe para casa duas medalhas de prata e duas de bronze, um excelente resultado diante das dificuldades enfrentadas pelo atleta, como explicou o treinador Orlando Bindá.

“Nosso clube é no coração da zona norte de Manaus, no bairro Nova Cidade e atendemos muitas crianças carentes. Esdras é o resultado de uma grande força de vontade dos pais, amigos e várias pessoas envolvidas, pois, para que levássemos eles ao Norte Nordeste, precisamos fazer rifas e outras ações que garantissem o passaporte e estadia. Mas ficamos muito felizes com os resultados, pois é a nossa primeira vez e já saímos com medalhas no peito”, contou Orlando.

Orgulhosa dos resultados alcançados pelo time amazonense, a presidente da Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada), Claudia Nobre, falou da importância da conquista dos pequenos atletas. “É um orgulho muito grande ver que essas crianças estão se destacando e que elas representam tão bem o nosso Estado. São conquistas importantes que mostram que a natação estadual está no caminho certo e que temos uma excelente base na modalidade. Parabéns aos técnicos e familiares pelo apoio, e um parabéns especial às crianças pela dedicação”, finalizou, Cláudia.
 
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS