Manaus, 10 de Agosto de 2022

Amazonino oficializa chapa com Michiles como vice

Ex-governador afirma que vai triplicar o valor do auxlio estadual.

Poltica | 30/07/2022 - 14:30
Foto: Assessoria de Imprensa

Amazonino Mendes oficializou candidatura

 

O ex-governador do Amazonas, por quatro mandatos, Amazonino Mendes (Cidadania), informou que se eleito durante o pleito de 2022 irá triplicar o valor do auxílio estadual, cujo valor atualmente é de R$ 150. O anúncio se deu neste sábado (30/07) durante a convenção da Federação PSDB-Cidadania que oficializou a candidatura de Amazonino ao Governo do Estado e do candidato a vice-governador, o ex-deputado estadual Humberto Michiles (PSDB), ocorrida na quadra da Escola de Samba Sem Compromisso, zona norte de Manaus. 

No conjunto erguido por Amazonino Mendes, o  Nova Cidade, bairro de mesmo nome, o candidato disse que o valor atualmente do auxílio estadual é muito aquém do que a população hipossuficiente merece. 

“Vocês estão vendo este cartãozinho (auxílio estatual) aqui, que o governador sovina? Porque R$ 150, ele (atual governador) usa para encher o buraco do dente quando come. Insensível, tenta comprar o povo já que ele não fez nada. Não cuida de nada, pelo contrário, é de extirpe história. O povo está desempregado, sofrido, desesperado. E ele quer comprar com esse cartão. Eu vou dar, no mínimo, três vezes mais o valor desse cartãozinho”, declarou Amazonino, relembro que foi o primeiro gestor a criar no Amazonas um benefício financeiro, chamado Direito à Vida, em governos anteriores. 

Amazonino Mendes disse que decidiu ser candidato e tentar o quinto mandato do Governo do Amazonas para cuidar do povo, a quem sempre dedicou a sua vida, em gestões passadas.  

“Quero ser candidato para cuidar de ti. O povo ficando cada vez mais pobre e nós vamos mudar isso, vamos gerar emprego. Eu tenho muitos projetos e vocês sabem que eu faço. A minha ideia é fazer as famílias felizes e você só pode ser feliz quando teus filhos saírem de casa para irem ao colégio e não sofrerem absolutamente nada voltarem como saíram, ilesos. Eu quero um povo altivo e independente. Eu não aguento mais as filas do hospital; eu não aguento a falta e o roubo descarado de remédios. Nós estamos aqui para mudar isso e nós vamos mudar”, falou o ex-governador. 
 
ACOMPANHE O MANAUS OLÍMPICA NAS REDES SOCIAIS

© 2015 - 2022. Manaus Olímpica. Todos os direitos reservados