Terça-feira | 25/02/2020
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / esporte
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

18.02.2018 - 12:00  |  CRISE NO ESPORTE

Atletas de Borba vendem frango assado para pagar despesas e participar de competições

Assessoria de Imprensa

A equipe de Borba que participou do Manaus Open de Karatê


Professora Rosely denuncia falta de apoio da Prefeitura de Borba e do Governo do Estado e lembra que descaso compromete futuro da modalidade e desestimula atletas

Por Warnoldo Maia de Freitas
 
Os atletas do karatê de Borba “estão entregues à própria sorte, porque não contam com o apoio da prefeitura e do governo”, e são obrigados a garimpar auxílio entre amigos e ao comércio do município, e a vender frango assado para arrecadar o dinheiro necessário ao custeio das inscrições nas competições nacionais e internacionais, bem como ao pagamento de passagens e alimentação.
 
A revelação é da professora Rosely Pantoja, da Academia Fênix, de Borba, responsável pela equipe de quatro atletas, entre eles Ryan Christian, 15 anos, o primeiro amazonense a representar o Amazonas no Campeonato Mundial de Karatê Cadete Junior e Sub-21, disputado na Espanha em 2017, que participou no sábado, 17, do 6º Manaus Open de Karatê, realizado no Cassam.
 
“Hoje a nossa situação está muito difícil, porque não temos o apoio de ninguém e estamos vendendo frangos doados por alguns comerciantes de Borba, para arrecadarmos dinheiro para podermos viajar e participar dos campeonatos”, revela.
 
Celeiro
 
Segundo ela, Borba, a exemplo de outros municípios do Amazonas, pode ser considerado um celeiro de grandes atletas, mas, devido a atenção devida das autoridades municipais e estaduais esses atletas não conseguem aprimorar o seu potencial e brilhar no cenário nacional e mundial, “para o orgulho das suas cidades”.
 
“Apesar da indiferença dos nossos governantes, nós continuamos treinando forte e nos preparando para os campeonatos e seletivas desta temporada. Mas, precisamos, urgentemente, de apoio, para podermos nos dedicar mais aos treinos, que são indispensáveis para a conquista de bons resultados”, argumenta.
 
Rosely revela, ainda que nesta temporada o Ryan Christian, que mudou de idade, também está treinando forte para conseguir um bom resultado na seletiva para a seleção brasileira, que será realizada em João Pessoa, na Paraíba.
 
“Outro atleta de Borba que deverá lutar por uma vaga na seleção brasileira é Carlos Eduardo, uma nova promessa para o karatê do Amazonas”, explica.
 
Rosely destaca que o desporto de um modo geral é de fundamental importância para a promoção da cidadania e resgate do social, porque “retira as nossas crianças das ruas e lhes mostra novos caminhos e novas possibilidades de vida”.
 
“O desporto de um modo geral é muito importante para tirar as crianças das ruas, porque trabalha a disciplina, incentiva a dedicação aos estudos e boas condutas. O esporte coloca as crianças no caminho certo e é importante para o desenvolvimento de qualquer sociedade”, conclui, lamentando a falta de atenção e de sensibilidade das autoridades amazonenses que “prometem arrumar a casa, mas esquecem de um dos seus esteios de sustentação”.
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS