Quinta-feira | 19/09/2019
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

16.06.2019 - 18:15  |  Eleições 2020

Avante só vai discutir eleições municipais a partir de janeiro, adianta David Almeida

Foto - FreitasWMaia - manausolimpica

David Almeida está livre, leve e solto para fazer acontecer


David revela não ter compromisso político com ninguém, a não ser com o Avante e destaca que as composições vão ser discutidas no momento certo e oportuno
 
Por Warnoldo Maia de Freitas
 
Líder nas pesquisas de intenção de votos entre 18 pré-candidatos à Prefeitura de Manaus nas eleições de outubro do próximo ano, o ex-presidente da Aleam e ex-governador interino do Amazonas David Almeida destaca não ter chegado o momento para colocar as eleições de 2020 no cardápio principal e revela que só passará a discutir o assunto a partir de janeiro do próximo ano.
 
Depois de assumir a executiva estadual do Avante, sigla para a qual se mudou, no início do mês, após deixar o PSB, David revela que está focado no trabalho de fortalecimento da  agremiação política no Amazonas para poder participar como protagonista do próximo pleito, oferecendo boas opções ao eleitorado, tanto na capital quanto no interior.
 
Livre, leve e solto para novos voos e fazer acontecer, bem-humorado, como de costume, David Almeida revela não ter compromisso político com ninguém e reconhece que, por transitar livremente entre várias correntes, está dando um nó na cabeça de muita gente, particularmente dos adversários, que insistem em divulgar memes antigos e fakes news visando, unicamente, desgastar a sua imagem.
 
Focado no novo desafio, David revela, ainda, não ter compromissos políticos com ninguém e por essa razão vem trabalhando com tranquilidade para reestruturar o Avante no Amazonas e auxiliar no desenvolvimento de ações destinadas a fortalecer a legenda na região Norte, tanto no Amazonas quanto em Rondônia, Roraima e Acre.
 
Atualmente, liderada por Luis Tibé, deputado federal por minas Gerais e presidente nacional do Avante, a bancada da agremiação conta com sete parlamentares na Câmara Baixa do Congresso Nacional, mas, segundo David, vai   trabalhar para crescer e se tornar uma das grandes forças políticas do país.
 
Confira a entrevista
 

Manaus Olímpica - O senhor tem dito reiteradamente que ainda não é o momento para se discutir as eleições de 2020, mas sim de fortalecer o Avante. Como está esse trabalho?
 
David Almeida – Primeiramente quero apresentar a minha gratidão ao povo de Manaus pela lembrança do meu nome, que aparece bem nas pesquisas. Segundo, no momento estou empenhado na organização, na estruturação do Avante em todo o estado do Amazonas para as eleições de 2020. Já sobre as eleições propriamente ditas só vamos tratar deste assunto no momento certo. No momento, considero prematuro falar sobre o processo eleitoral do próximo ano. Só vamos falar sobre as eleições de 2020 a partir de janeiro de 2020.
 
Manaus Olímpica – E como estão essas conversas de estruturação do Avante no Amazonas? Quais as metas para 2020?

David Almeida – Como presidente da legenda no Amazonas estou conversando com todo mundo, estruturando o Avante  para que o partido possa ter diretórios nos 62 municípios do Amazonas e possivelmente lançar até 20 candidatos a prefeituras no interior nas eleições do próximo ano.
 
Manaus Olímpica – O senhor poderia adiantar alguns desses nomes?
 
David Almeida – Nós temos vários nomes, mas não quero antecipar agora, até para não sofrermos concorrência. Inclusive não só no Amazonas. Daqui a pouco (no sábado, 15) vou receber um deputado de Roraima para falar sobre a presidência estadual do Avante lá em Roraima. Assim como já discutimos com o deputado Jair Montes (ex- PTC), de Rondônia, que assumiu o partido naquele estado.
 
Manaus Olímpica – Então, a sua missão não se limita, apenas, a estruturar o Avante no Amazonas?

David Almeida – Não. Também estou empenhado em fazer o Avante crescer, na região Norte, no Amazonas, em Rondônia, Roraima e no Acre. Em Rondônia e Roraima já estamos bem encaminhados. Agora vamos trabalhar, também, com a organização do partido no Acre. Todas essas ações fazem parte da nossa jornada, do nosso trabalho de ajudar o Avante a crescer em todo o Brasil.
 
Manaus Olímpica – O que o levou a sair do PSB, partido pelo qual o senhor disputou o governo do Amazonas nas eleições de 2018, já que o senhor tinha uma boa relação com o presidente de honra do partido, deputado Serafim Corrêa, e com o presidente da estadual, Marcelo Serafim?

David Almeida – Primeiramente a minha gratidão ao PSB, onde fui bem tratado e não tenho nenhuma reclamação do partido. Entrei pela porta da frente e saí pela porta da frente.  Eu tinha a necessidade de comandar uma legenda no estado, organizá-la e fazê-la crescer. Foi este desafio que me fez aceitar o convite do Avante e trabalhar para fazer com que o partido se torne em uma das maiores forças políticas do nosso estado.
 
Manaus Olímpica – E como estão essas suas conversas políticas com os vários atores, no bom sentido, é claro, do cenário político em nosso estado, antes das eleições?
 
David Almeida – No momento estou trabalhando na organização do Avante. Eu não tenho alianças com nenhum partido. Eu não tenho compromisso político com nenhuma agremiação política fora o Avante. 

Manaus Olímpica – E o que dizer sobre as composições políticas?
 
David Almeida – Bem, com relação às composições políticas elas vão ficar para 2020. Portanto, tudo o que se falar neste momento nada mais é do que precipitação e especulação. Quer dizer, não passam de disse me disse.
 
Manaus Olímpica – E essas alianças devem ocorrer em que bases, a partir de quando ?

David  Almeida – As alianças virão com o decorrer do tempo, com o diálogo e com a construção de uma possível candidatura. Essas alianças, essas parcerias só vão ser discutidas a partir do próximo ano. Neste momento o meu foco é a organização do Avante. Portanto, tudo o que se falar antes disso não deve ser levado em consideração, porque serão meras especulações.
 
Manaus Olímpica – E como o senhor avalia a gestão do prefeito Arthur Neto (PSDB), que foi reeleito?
 
David Almeida – O prefeito Arthur Neto foi eleito e reeleito e quem avaliou a sua gestão foi a própria população, que por duas vezes o elegeu. Eu torço para que ele dê certo e que a cidade de Manaus possa ter dias melhores.
 
Manaus Olímpica – E qual a sua avaliação da gestão do governador Wilson Lima (PSC) e do presidente Jair Bolsonaro (PSL)?

David Almeida – Eu também torço para que o governador dê certo e para que o estado do Amazonas possa ter dias melhores. Eu torço para que o presidente Bolsonaro dê certo para que o Brasil possa respirar melhores ares. Portanto, eu não sou daqueles que acham que quanto pior, melhor. Não, para mim, quanto melhor, melhor. Eu torço para que o Brasil dê certo, para que o Amazonas dê certo e para que a cidade de Manaus dê certo. É assim que eu penso. Quando você vê todo mundo só reclamando, só falando mal e sem propor soluções, a política se apequena e o político fica medíocre. O povo não aguenta mais esse tipo de política e de políticos. O povo quer propostas, ideias e soluções para os problemas que se apresentam e o Avante está focado nisso, em formar ideias e apresentar soluções para a cidade de Manaus, para o Amazonas e para o Brasil. 
 
Manaus Olímpica – Na sua avaliação quais os principais problemas que precisam ser encarados como prioridade pelo próximo prefeito de Manaus?

David Almeida – Nós temos grandes problemas em Manaus. Nós temos o problema da mobilidade urbana, o do transporte coletivo e o de infraestrutura. Esses três problemas precisam ser enfrentados pelo atual gestor e pelo próximo gestor com muita atenção. Por isso nós estamos formatando e vamos promover seminários e discussões dentro do Avante para buscar as melhores soluções para os problemas apontados e apresentar a partir do próximo ano essas soluções para a população de Manaus.
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS