Manaus, 10 de Agosto de 2022

Cachoeirinha questiona "racionamento" de gua e buracos nas ruas

Moradores reclamam do corte dirio no fornecimento, em horrios alternados e sem aviso prvio.

Cidade | 25/06/2022 - 09:30
Foto: Josu

Os buracos feitos pela guas de Manaus na av, Humait esto fazendo aniversrio

 

Da redação 

Moradores do bairro Cachoeirinha, um dos mais antigos de Manaus, estão cobrando explicações das autoridades sobre a sistemática falta de água, sem o devido aviso prévio por parte da empresa Águas de Manaus.

De acordo com alguns moradores do bairro, nos últimos meses voltou a faltar água, todos os dias, em horários diferentes e na Águas de Manaus a resposta é sempre a mesma: abastecimento interrompido devido necessidade de realização de obra emergencial na rede.

Para os moradores, tal desculpa não se sustenta e é extremamente difícil acreditar que todos os dias, em horários diferentes, a rede que atende ao bairro apresente rompimento.

"As autoridades, principalmente as comissões de defesa do consumidor da Assembleia e da Câmara, precisam fazer alguma coisa. Além de fazer buracos nas ruas e de não realizar o devido reparo, essa empresa tem  cortado, sistematicamente o fornecimento de água sem o devido e necessário avíso prévio. Quer dizer, faz o que quer e apesar das pessoas reclamarem, nada é feito para corrigir os problemas ", afirma dona Maria, indignada.

"Todos os dias tá faltando água e quando a água volta a torneira fica engasgando e sai mais ar do que água. Será que ninguém vai fazer nada para combater esses absurdos?", questiona.
 
Crime contra dinheiro público
Na opinião do senhor Josué, a Águas de Manaus comete crime ao adotar uma conduta que atenta, claramente, contra o dinheiro público, porque, enquanto a Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas estão investimento pesado para tapar os burados herdados da administração  passada, a empresa insiste em cavar buracos e deixá-los abertos.

"Além de cobrar pelo vento servido nas torneiras, o serviço de tapa buracos da Águas de Manaus também é uma vergonha, porque quando não desaparece após a primeira chuva, igual a maquiagem ruim (risos), o remendo afunda ou a pista fica com calombo", observa. 
 
 

 

 
 
 
 
ACOMPANHE O MANAUS OLÍMPICA NAS REDES SOCIAIS

© 2015 - 2022. Manaus Olímpica. Todos os direitos reservados