▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

29.11.2019 - 17:30  |  Compromisso com a família

Chico Preto se filia ao Democracia Cristã neste sábado

Reprodução

Chico Preto

Segundo Chico, a opção pelo Democracia Cistã ocorreu porque a sigla defende os valores conservadores nos quais ele acredita.

 

 Após deixar o PMN e a presidência estadual do partido por divergência ideológica, o vereador Marco Antônio Chico Preto ingressa, neste sábado, 30, nas fileiras do Democracia Cristã (DC). 
 
De acordo com o parlamentar, a saída do PMN foi provocada pelo fato de a executiva nacional do partido ter decidido fazer oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro e a opção pelo Democracia Cistã ocorreu porque a sigla defende os  valores conservadores nos quais ele acredita.
 
“Meu partido é o Brasil. Ingresso no Democracia Cristã (DC) porque a sigla carrega os valores que eu acredito: família, liberdade e respeito à democracia. São os valores conservadores que a sociedade brasileira tem no coração. Deixei o PMN e a presidência do partido após decisão da executiva nacional de fazer oposição ao governo Bolsonaro, pois entendo que o presidente da república tem tomado as medidas necessárias para colocar o Brasil novamente nos trilhos da prosperidade, após 16 anos de desgovernos de esquerda. Sigo minha caminhada firme e verdadeira como vereador na Câmara Municipal de Manaus, buscando melhorias para a cidade. Manaus merece o nosso melhor”, disse ele.
 
Eleição
 
Ao ser questionado sobre a mudança de partido ocorreu porque o seu ingresso no DC facilitaria a pavimentação da estrada que o levaria à disputa da Prefeitura de Manaus no próximo ano, Chico Preto afirmou que "esse não é o momento apropriado para discutir a eleição majoritária de 2020".
 
"Temos problemas mais urgentes a tratar. Vou continuar debatendo os problemas da cidade, bem como continuar apontando caminhos para a solução das adversidades que afetam a vida da população, como o transporte coletivo, a mobilidade urbana e o do gasto de dinheiro público de forma equivocada. A questão da eleição nós vamos tratar e debater na hora certa, porque o atual momento é de discutir a cidade e buscar soluções para os empecilhos que comprometem a qualidade de vida das pessoas", afirmou.
 
Chico Preto fez questão de destacar, ainda, que vai continuar trabalhando na Câmara Municipal de Manaus para tentar "corrigir os rumos da aplicação do dinheiro público, que nada mais é do que o dinheiro do imposto que é pago pelo cidadão". 
 
 
 

 

 

 

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS