Manaus, 25 de Junho de 2024

Começa 22ª Semana Nacional de Museus em Manaus

Para este ano, o tema escolhido foi tema "Museus, Educação e Pesquisa".

Cultura | 14/05/2024 - 06:40
Foto: João Viana - Semcom - Manaus

Etelvina Garcia durante palestra

A prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), abriu, na tarde da segunda-feira, 13/05, a 22ª Semana Nacional de Museus, no Museu da Cidade de Manaus (Muma), localizado no centro histórico. O evento, realizado nacionalmente sob a coordenação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), órgão vinculado ao Ministério da Cultura, é uma temporada cultural que acontece todo ano em comemoração ao Dia Internacional dos Museus, a ser celebrado no dia 18 de maio. Para este ano, o tema escolhido foi tema ‘Museus, Educação e Pesquisa’.

“É com grande satisfação que abrimos oficialmente a 22ª Semana Nacional de Museus aqui em Manaus. Este evento é uma oportunidade única para celebrar e valorizar nosso rico patrimônio cultural”, declarou Wallace Almeida, diretor de Cultura da Manauscult.

Com uma participação expressiva da comunidade local, a palestra da professora, jornalista e escritora Etelvina Garcia, intitulada “Museu, memória, educação e pesquisa - Os detetives da história em quadrinhos”, proporcionou uma reflexão sobre o papel dos museus como guardiões da memória coletiva e como agentes fundamentais na promoção da educação e pesquisa.

Garcia, autora do roteiro, colaborou com os ilustradores Romahs e Gusmão para criar uma obra única que utiliza as técnicas narrativas das histórias em quadrinhos para contar a história de Manaus de forma envolvente e visualmente cativante.

“Manaus não é uma cidade comum. Uma cidade que nasce na floresta, como a nossa, e que se tornou uma das cidades mais importantes do mundo. Era daqui que saíam os insumos básicos para a produção industrial, da Segunda Revolução Industrial, isso tem um peso histórico imensurável. É fundamental que a prefeitura continue realizando essa valorização dos museus, que são os espaços sagrados das nossas populações ancestrais no qual pesquisamos até hoje”, sugeriu Garcia.

Engajamento universitário

Durante sua apresentação, Etelvina Garcia destacou a importância dos museus como espaços dinâmicos de aprendizado, capazes de despertar o interesse dos mais diversos públicos, desde estudantes até pesquisadores e entusiastas da cultura local e global.

Caio César Alves, 24 anos, estudante finalista do curso de Administração na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), enfatizou a importância dos centros culturais para a administração da cidade. “A existência dos museus reflete como acontece a preservação da identidade cultural, isso destaca a relevância do patrimônio cultural para a gestão pública”, opinou.

Também do curso de administração da mesma universidade de Caio César, a jovem Giovanna Vinhote, 18 anos, refletiu sobre a história de Manaus, destacando a influência das políticas públicas ao longo do tempo. “Essa é a minha primeira vez conhecendo o Muma. Estou compreendendo, de fato, a importância da história cultural do nosso povo agora, na graduação, e isso tem sido uma descoberta incrível”, contou.

Próximo destino

Na terça-feira, 14/05, das 9h às 11h, a programação será no Centro Cultural Óscar Ramos, com palestra da professora Maria do Perpétuo Socorro Lino dos Santos, intitulada “A escola vai ao museu”, localizada na rua Bernardo Ramos, também no centro antigo.
 
ACOMPANHE O MANAUS OLÍMPICA NAS REDES SOCIAIS

© 2015 - 2023. Manaus Olímpica. Todos os direitos reservados