Manaus, 24 de Julho de 2024

Conselho da Suframa aprova R$ 460 milhões em investimentos

Dos 29 projetos aprovados, 13 são de implantação e outros 16 de diversificação e atualização.

Economia | 03/07/2024 - 17:15
Foto: Assessoria de Imprensa
Com a aprovação de 29 projetos industriais, de serviços e agropecuários, que totalizam investimentos superiores a R$ 460 milhões e preveem a geração de mais de 490 empregos, o Conselho de Administração da Suframa (CAS) realizou nesta quarta-feira, 03/07, por videoconferência, sua 315ª Reunião Ordinária - o terceiro encontro do CAS neste ano. 

Dos 29 projetos aprovados, 13 são de implantação e outros 16 de diversificação e atualização, contemplando investimentos em subsetores diversos do Polo Industrial de Manaus (PIM), tais como Eletroeletrônico, Bens de Informática, Termoplástico e Metalúrgico, bem como no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS).

Presidida pelo secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Márcio Elias Rosa, a reunião contou também com a participação do superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas, Serafim Corrêa, do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antônio Silva, do presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Luiz Augusto Barreto Rocha, e de demais conselheiros, autoridades políticas e representantes de órgãos governamentais e entidades de classe.

O superintendente Bosco Saraiva destacou os números apresentados e o interesse, cada vez maior, dos empresários em investir na Zona Franca de Manaus.
 
“Destaco o esforço de todos, tanto do colegiado quanto da própria sociedade em geral, pela manutenção e fortalecimento da Zona Franca de Manaus para toda a região. E ressalto também o interesse dos empresários em conhecer o nosso Polo Industrial e a atração de novos investimentos que o modelo oferece. Vamos em frente”, frisou. 

Destaques
Na pauta aprovada na reunião desta quarta-feira, os principais destaques incluem o projeto de implantação da Aço Forte Comércio de Ferro e Aço, para produção de laminado de ferro aço em fita, tira, chapa e “blanks”, com investimentos de R$ 47,56 milhões e criação de 20 novos empregos, e o projeto de diversificação/atualização da Wasion da Amazônia Indústria de Instrumentos Eletrônicos, com investimentos totais de R$ 23,94 milhões e geração de 28 novos empregos, visando à fabricação de inversor solar fotovoltaico. Outro projeto que também merece ênfase é a proposição da Climazon Industrial, que planeja investir R$ 201,39 milhões e gerar 52 novos empregos para a produção de aparelhos condicionadores de ar.

Novidades
Em seu pronunciamento, o secretário-executivo do MDIC, Márcio Elias Rosa, informou que existem atualmente apenas três pleitos de Processos Produtivos Básicos (PPBs) em análise pelo governo federal que superam o prazo de 120 dias. "Estamos conseguindo reduzir o acervo. Quando assumimos, tínhamos um quadro completamente diferente. E irá chegar uma hora em que não existirão mais pleitos de PPB da Zona Franca de Manaus com prazo de análise superior ao determinado pela legislação", disse Rosa.

Ele também elogiou o trabalho da Suframa na proteção às terras federais, sobretudo, com relação à questao das invasões, e comentou sobre a importância do Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA), citando uma nova transferência orçamentária realizado pelo governo federal no âmbito do novo contrato de gestão assinado.
 
"O CBA está decolando e acho que irá produzir grandes resultados. Este talvez seja o principal instrumento que o governo federal dispõe para diversificar e mudar a realidade econômica de toda a região", reforçou.

Por fim, ele também citou que o ministro do MDIC e vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, visitou Tabatinga (AM) nesta semana e que o tema do alfandegamento do porto do município está sendo tratado com atenção no âmbito do Ministério.

"Teremos uma reunião logo mais em que certamente será discutida essa questão. E não apenas isso, como também o projeto do modal Manta Manaus, que é absolutamente relevante e todos os investimentos nesse sentido devem ser feitos", complementou o secretário-executivo. 

ACOMPANHE O MANAUS OLÍMPICA NAS REDES SOCIAIS

© 2015 - 2023. Manaus Olímpica. Todos os direitos reservados