Quinta-feira | 19/09/2019
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

23.05.2019 - 22:30  |  ELEIÇÕES 2020

David assume comando do Avante no Amazonas e garante que legenda não vai ser terceirizada

Assessoria de Imprensa

David e Tibé

 

A meta do partido é ter pelo menos 30 candidaturas majoritárias nos municípios amazonenses nas eleições de 2020
 
 
O ex-governador do Amazonas, David Almeida, assinou na noite da quinta-feira, 23/05, a ficha de filiação ao Avante, assumiu o comando da legenda no estado e deixou claro que a agremiação política não vai ser terceirizada para ninguém.
 
Realizada no auditório do Intercity Hotels, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus, a solenidade de adesão de David Almeida à legenda contou com a presença do presidente nacional do partido, o deputado federal pelo Estado de Minas Gerais, Luis Tibé.
 
Desafio
 
David, que se desligou do PSB, no último dia 17 de maio, disse que aceitou o desafio de se filiar ao Avante no Amazonas para viabilizar o partido no estado e na Região Norte e afirmou que as diretorias municipais da agremiação política no interior do Amazonas serão concedidas a quem realmente se colocar como candidato a prefeito. 
 
Segundo ele, uma das metas do Avante é ter pelo menos 30 candidaturas majoritárias nos municípios amazonenses nas eleições de 2020.
 
“Desde que anunciei o meu novo partido, comecei a receber inúmeras ligações de pessoas com interesse de se filiar ao Avante e participar do pleito no próximo ano. Deixei claro que o Avante está aberto àquelas pessoas que querem transformação nas suas cidades. Nós vamos conceder a direção do Avante para quem quer participar como candidato a prefeito. O Avante não será terceirizado no interior. Vamos fazer do Avante um dos maiores partidos do Amazonas”, afirmou David, presidente da comissão provisória.
 
Diretórios
 
Como proposta de organização do partido no Estado, David disse que montará diretórios distritais em Manaus e em cada comunidade do interior do Amazonas. Montará diversos segmentos como Avante Juventude, Avante Mulher, Avante Educação, Avante Sindical, entre outros, a fim de realizar grandes discussões, como seminários, para debater temas importantes para a sociedade e formatar propostas de políticas públicas.
 
“Eu quero formatar um programa de soluções para a cidade de Manaus. Criticar qualquer medíocre critica. Nós vamos trabalhar pelas soluções dos problemas”, assegurou.
 

 Tibé confessa
 
Luis Tibé disse que o partido começou um “namoro” com David na eleição do ano passado, mas por algumas questões políticas não foi possível seguir em frente. 
 
“Mas, agora estamos com a certeza que não só o Avante está em boas mãos, mas Manaus também estará porque nós temos a certeza que será a primeira prefeitura de capital que o Avante terá no Brasil”, disse o presidente nacional da legenda.
 
O parlamentar lembrou que nas eleições gerais do ano passado, o Avante, assim como outros partidos considerados pequenos tiveram uma tarefa árdua, por conta da nova regra que foi a cláusula de barreira. “E nós conseguimos sobreviver, atingimos a cláusula de barreiras a duras penas, com muito pouco recurso. Não tenho dúvida que esse crescimento vai acontecer na próxima eleição porque nós estaremos disputando numa eleição menos desigual”, avaliou Luis Tibé.
 
O parlamentar mineiro disse que, atualmente, a política brasileira vive um grande problema pela falta diálogo entre as instituições. “É uma coisa absurda, a falta de respeito. Não sou contra o debate de ideias. A eleição municipal vai dar o tom do que será a próxima eleição estadual. No meu Estado temos um exemplo de que a tal nova política não dá certo. Os problemas que existem não são fáceis de serem solucionados. É necessário experiência para dar as soluções que o Brasil precisa”, comentou o presidente nacional do Avante.
 
Tibé observou que até agora não se viu uma proposta que fosse para resolver os grandes problemas da população como o desemprego, por exemplo.
 
“O governo coloca a culpa na Câmara dos Deputados, o que na verdade não é. Qual é proposta para melhorar a vida das pessoas? Não tem. Aqui eu tenho a convicção, pela experiência que o David Almeida conquistou ao longo da sua carreira, pelo grupo político que ele conseguiu formar, que vai ele vai pregar política com P maiúsculo”, disse.  

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS