Quarta-feira | 25/11/2020
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

19.11.2020 - 05:35  |  ELEIÇÕES 2020

David diz que Amazonino e Eduardo Braga articulam fake news contra a sua candidatura

Reprodução

David Almeida destaca que ataques contra ele triplicaram

O candidato da coligação Avante Manaus chamou o deputado estadual Fausto Júnior, presidente municipal do PRTB, de "garoto de recado"

Alvo de constantes ataques, por ameaçar o domínio político dos caciques, o candidato a prefeito de Manaus David Almeida (Avante) classificou, na noite da quarta-feira (18), durante uma live nas suas redes sociais, de manobra sórdida, articulada pelo seu adversário Amazonino Mendes (Podemos), e o seu coordenador político, o senador Eduardo Braga (MDB), a "estratégia desesperada" de querer, ligar a sua candidatura ao governador Wilson Lima (PSC).

David destacou que essa "campanha sórdida de mentiras" lançada contra ele, se deve ao fato de já ter declarado publicamente que não quer aliança ou qualquer tipo de compromisso com os caciques políticos, e lamentou a conduta do presidente municipal do PRTB, deputado Fausto Júnior, de deixar  ser usado como "garoto de recado", ao anunciar a saída do partido da coligação, por uma "suposta" aliança com o governador. 

"Eles enganaram o povo em 2018, mas agora, em 2020, eu não vou permitir. Eles estão usando dois garotos de recado para me atacar. Eu só quero o apoio do povo, que anseia por mudanças e por uma Manaus melhor para todos", disse David.

Ataques triplicaram

O candidato da coligação Avante Manaus afirmou que todos os seus detratores estão a serviço de Braga e Amazonino, seu adversário no segundo turno da corrida pela Prefeitura de Manaus, que ele classificou como o "criador de Wilson Lima". Segundo David, após o recado dado nas urnas, no dia 15 de novembro, de que a população não aceita mais mentiras e manobras escusas, os ataques com fake news triplicaram.

David lamentou, ainda, o desgaste que está sendo provocado para o Legislativo estadual por dois deputados, que parecem desconhecer a responsabilidade que têm, na condição de representantes do povo, e, para ficar bem com o chefe, utilizam-se da propagação de fakes news para tentar atingi-lo.

“Wilson Lima, que foi funcionário comissionado do gabinete civil de Amazonino, foi um personagem criado pelo marketing para dividir meus votos em 2018. Avisei a população sobre o risco de eleger alguém sem experiência como governador e hoje pagamos com lágrima e lamentações o erro de uma escolha”, destacou David.
 
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS