Terça-feira | 27/10/2020
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

14.10.2020 - 22:05  |  ELEIÇÕES 2020

Diretor do Instituto Pontual classifica de fantasiosos números da pesquisa IBOPE

Reprodução

Eric Barbosa

Até quando o Ibope vai continuar ERRANDO pesquisas no Amazonas?

Por Warnoldo Maia de Freitas

O pesquisador Eric Barbosa, diretor do Instituto Pontual, divugou nota à imprensa na noite desta quarta-feira, 14/10,
afirmando que são "fantasiosos" os números percentuais de intenção de votos publicados pelo IBOPE, hoje, dia 14/10/2020, "mostrando uma ascensão, elevação súbita, meteórica, da chapa encabeçada por Ricardo Nicolau (PSD), na corrida pela prefeiturada de Manaus nas eleições de 15 de novembro. 

De acordo com o pesquisador, "é mentirosa" e "não dá mesmo para acreditar" na informação divulgada que revela que o candidato da coligação “Pra Voltar a Acreditar”, Ricardo Nicolau (PSD), está empatado com David Almeida, da coligação "Avante Manaus", segundo a margem de erro da pesquisa, que é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa ouviu 504 eleitores da cidade de Manaus, entre 12 e 14 de outubro e o registro  o número do registro na Justiça Eleitoral é AM-09557/2020.
 
 
Na Pesquisa IBOPE o ex-governador Amazonino Mendes, candidato do Podemos, lidera a corrida com 25% das intenções de votos, seguido por David Almeida, do Avante, com 13%, seguindo de perto por Ricardo Nicolau, do PSD, com 11%, e José Ricardo, do PT, com 10%.

O "espanto" geral, diante do que está sendo considerado "um fato pra lá de inesperado" ocorreu porque nas últimas pesquisas sobre intenção de votos realizadas por outros institutos Ricardo Nicolau aparecia com apenas 2,8% e 3,6% das intenções de voto do eleitorado.

Mas, os amazonenses não devem "espantar-se", tanto, com números desencontrados de pesquisas sobre intenção de votos realizadas no Amazonas e em Manauas, principalmente, as feitas pelo IBOPE.

Repetindo o que disse o Blog do Sarafa, do respeitado deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), em 27 de outubro de 2014, logo após as eleições, eu volto a questionar: Até quando o Ibope vai "errar" pesquisas no Amazonas?

O Blog do Sarafa ressalta:

"Tradicionalmente o IBOPE “erra” pesquisas no Amazonas. Depois aparece com a desculpa mais esfarrapada do mundo. Para ficar só nos fatos mais recentes, em 2012, nas eleições de prefeito no primeiro turno o IBOPE deu empate entre Artur e Vanessa. 30 a 30. Abertas as urnas o resultado foi 40 a 20 para o Artur".

A desculpa dada por Marcia Cavallari, diretora do IBOPE, foi:

“Em Manaus, a hipótese é a questão de a abstenção ter uma clivagem diferenciada, que acabou superestimando a Vanessa Grazziotin (PCdoB). Essa diferença foi pulverizada entre os demais candidatos.”

Diante da explicação nada convincente Serafim afirmou:

"Um erro de 20 pontos percentuais e a culpa foi da clivagem. Se alguém souber o que é isso, por favor, explique".

"Este ano, no primeiro turno, o IBOPE deu o seguinte resultado: Eduardo – 51%; Melo – 37%; Marcelo 5%.

Abertas as urnas o resultado foi Eduardo – 43%; Melo – 43% e Marcelo – 10%.

Portanto, erraram para mais 8 pontos no Eduardo; 6 pontos para menos no Melo e 5 pontos para menos no Marcelo. Soma dos erros: 19 pontos percentuais.

Deram a seguinte explicação:

Agora no segundo turno deram empate: 50 a 50. O resultado foi Melo – 55,55% e Eduardo – 44,45%".

Vamos esperar o resultado das urnas nas eleições deste ano para saber se o IBOPE vai continuar ERRANDO ou já aprendeu a fazer pesquisas.

Tomando por base os resultados das pesquisas anteriores não dá, mesmo, para acreditar nos números divulgados.

Resta saber a quem realmente interessa tentar manipular a opinião do eleitorado.
 
 
 

 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS