▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

17.07.2021 - 17:05  |  Saúde como prioridade

Emendas para saúde marcam mandato de Roberto Cidade no primeiro semestre de 2021

Evandro Seixas

Roberto Cidade

Além de 35 projetos, foram protocolados 301 requerimentos com solicitações ao Governo do Amazonas e Prefeituras de Manaus e do interior para a melhoria de serviços diversos à população amazonense.
 

O primeiro semestre de 2021 foi especial para o deputado estadual Roberto Cidade (PV). Em fevereiro, ele assumiu o comando da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) e, desde então, tem focado a gestão nas pautas prioritárias para o Estado, como o enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Além da boa condução do parlamento, Cidade privilegiou, nos primeiros seis meses do ano, a entrega de 10 emendas para a saúde, com repasses na ordem de R$ 4,4 milhões, no intuito de ajudar hospitais e UBSs da capital e prefeituras de municípios do interior a combater a Covid-19.

“Sem saúde não temos nada e infelizmente sofremos muito com o coronavírus, que ceifou a vida de muitos amazonenses. Diante disso, não teria como ser diferente. Nossas ações foram prioritariamente voltadas para o combate a esse vírus maldito”, destacou o deputado.

Um dos municípios agraciados pelo deputado foi Manicoré. A prefeitura da terra da melancia recebeu R$ 1,5 milhão, por meio de uma emenda de Roberto Cidade. O valor foi destinado para a aquisição de medicamentos e produtos para a saúde, além de equipamentos de proteção individual (EPIs) aos profissionais.

A aproximação com a população dos municípios do interior também marcou os primeiros seis meses de gestão do presidente da Aleam. Com a intenção de ver de perto as dificuldades e demandas dos amazonenses interioranos, Roberto Cidade visitou os municípios de Humaitá, Manicoré, Maués, Autazes e Novo Aripuanã.

Projetos

De janeiro a julho de 2021, o deputado Roberto Cidade apresentou 35 Projetos de Lei, que visam melhorar a vida da população. Entre as proposituras, destacam-se o PL 160/2021, o qual cria o Programa Estadual de Apoio à Oncologia Infantil e o PL 257/2021, que responsabiliza condutores de veículos por danos causados ao patrimônio público em casos de acidentes de trânsito provocados pelo consumo de álcool ou entorpecentes.

Durante o primeiro semestre, 19 projetos de Cidade foram aprovados pelo Parlamento, com destaque para o que possibilita o parcelamento dos débitos das faturas de energia elétrica, água e esgoto e gás contraídos pelos consumidores durante o período da pandemia do coronavírus.

O parlamentar justificou a iniciativa como uma medida para proteger o cidadão afetado pela pandemia do coronavírus. Segundo ele,  durante o isolamento social as pessoas passaram mais tempo em casa, com isso, houve aumento de consumo de energia elétrica e água.

“Uma das medidas para conter a proliferação do vírus foi o isolamento social. Por isso, as pessoas ficaram muito tempo em casa e consequentemente gastaram mais energia. Infelizmente, muita gente perdeu o emprego ou teve redução no salário, inviabilizando o pagamento de suas contas em dia. Essa Lei vai ajudar com que essas pessoas mantenham seus compromissos em dia”, destacou.

Além dos projetos, foram protocolados 301 requerimentos com solicitações ao Governo do Amazonas e Prefeituras de Manaus e do interior para a melhoria de serviços diversos à população amazonense.

Emendas LDO

As sete emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) apresentadas por Roberto Cidade foram aprovadas. Uma delas garantiu orçamento para a realização de concurso público para o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar em 2022 e, também, para qualificação e inserção de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar no mercado de trabalho.
 
 

 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS