▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

08.07.2020 - 15:45  |  Passagem intermunicipal

Felipe Souza propõe passagem gratuita para pessoas com câncer

Assessoria de Imprensa

Felipe Souza

A iniciativa visa minimizar as despesas das pessoas acometidas pela doença  


Está tramitando na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), um projeto de autoria do deputado Felipe Souza (Pariota) que tem por objetivo conceder passagem intermunicipal gratuita às pessoas com câncer.

De acordo com o parlamentar, a iniciativa visa "minimizar" as despesas das pessoas acometidas pela doença, que muitas vezes chegam a Manaus oriundas de outros municípios e precisam de ajuda. 
  
“Eu já ouvi relatos de pacientes que precisam vender seus pertences para conseguir vir se tratar aqui no Cecon. Muitos deles, a maioria, não vêm sozinho, precisam de um acompanhante, ou seja, são custos altos e se pudermos minimizar isso, nem que seja na locomoção dessas pessoas, nós o faremos”, explicou o deputado.

Felipe Souza revela, ainda, tomando por base as projeções do Instituto Nacional do Câncer (Inca), divulgado início do ano, que o Amazonas deve registrar 5,2 mil novos casos de câncer em 2020.

Fundação Cecon

De acordo com a assessoria de comunicação da Fundação Cecon, referência no diagnóstico e tratamento do câncer em toda a Amazônia Ocidental, cerca de 184 pacientes do interior do Amazonas abriram prontuários na unidade hospitalar, entre janeiro e junho deste ano, para iniciar o tratamento. 

A gerente do Serviço Social da FCECON, Maria Célia Viana, não soube informar qual o número de pacientes que fazem uso do transporte rodoviário interminicipal, pois nem todos passam pelo Serviço Social e alguns vêm através de Representações de Prefeituras Municipais.

"Quando se trata de moradia, os pacientes dos municípios do Amazonas e de outros estados que não têm onde hospedar-se, sendo mulher, ficam no Lar das Marias, enquanto os homens recebem ajuda de um auxílio aluguel, através de uma OSC recebem cestas básicas. Outros optam por hospedar-se em residências de parentes", disse ela. 
 
 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS