Quarta-feira | 20/10/2021
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / politica
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

15.09.2021 - 12:05  |  Ajuda ao futebol

Serafim propõe que governo, prefeitura e PIM incentivem futebol local

Marcelo Araújo

Serafim Corrêa

Deputado ressalta que o futebol amazonense precisa de ajuda para voltar aos tempos de glória

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) disse nesta quarta-feira (15) que os clubes de futebol no Amazonas precisam de incentivos do governo do Estado, Prefeitura de Manaus e apoio de empresas do Distrito Industrial para resgate do esporte local.

“O esporte, principalmente o futebol, é algo que está no sangue do brasileiro. Dizia Nelson Rodrigues, que somos a pátria de chuteiras. Amazonas já teve na Série A. Há 50 anos, Nacional e Rio Negro disputavam a Série A. O tempo andou, mas nós andamos para trás”, disse o deputado.

Serafim lembrou que nos anos 70 foi colaborador do Nacional Futebol Clube ao lado do então presidente Manuel do Carmo Chaves Neto, o Maneca. “Nós alcançamos resultados muito importantes. Eu sei quanto é difícil ser dirigente de clube de futebol no Amazonas”, relembrou.

O parlamentar afirmou que os dirigentes do Manaus Futebol Clube, presidido por Luis Mitoso, têm se esforçado para desenvolvimento do time e ascensão de posições em campeonatos nacionais.

“O Manaus vem desenvolvendo um trabalho que talvez nos leve de volta, senão à Série A, talvez à Série B. Precisamos somar. Temos a Arena da Amazônia, mas não temos futebol. Triste realidade. Para que possamos retomar os bons tempos de 50 anos atrás, precisamos que o Manaus consiga ascender. Governo do Estado e Prefeitura de Manaus devem ser solidários e buscar entendimento com os dirigentes”, disse o parlamentar referindo-se às dívidas com tributos acumulada por grande parte dos times locais.

O líder do PSB na Casa Legislativa também lamentou que empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) patrocinem apenas times nacionais e não tenham interesse em contribuir com o futebol local.

“É muito ruim para nós, que estamos aqui na Zona Franca de Manaus, assistirmos, por exemplo, a Samsung e LG patrocinando times do Sul e do Sudeste. Aqui não há esse patrocínio, mas esse meio campo quem tem que fazer é governo do Estado e Prefeitura. Nesse sentido, peço que haja diálogo e entendimento”.

Atualmente, patrocinam o Manaus as empresas locais Samel, Tuchaua, Atem, Bemol, Bemol Farma, Ovos São Pedro, DB e V.V. Refeições.

“Entendo que todo apoio para o Manaus não cabe em nenhuma vaidade pessoal, porque tudo aquilo que houve de desacordo vai dificultar a nossa vida e facilitar a vida dos nossos adversários. Empresas comerciais locais como a Bemol e tantas outras têm esse sentimento nativista de apoio a aquilo que é nosso. Lamento que o Distrito não tenha essa percepção para patrocinar clubes nossos que repercutiriam o nome do Amazonas lá fora”, concluiu.
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS