Segunda-feira | 14/06/2021
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / cidade
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

06.06.2021 - 18:05  |  Vandalismo

Vandalismo deixa manauara sem ônibus e queima Bola das Letras. Comunicado atribuído à facção acusa Bonates

Reprodução

Bola das Letras foi atacada pelos vândalos

 População está refém, presa em casa, com medo de sair e ter que enfrentar atos de terrorismo.


Por Warnoldo Maia de Freitas 

Depois de acompanhar e ver neste domingo 06/06/2021, ônibus, ambulância do SAMU e agências bancárias incendiadas em vários pontos da cidade - além da queima de pneus em algumas vias -, por grupos que estariam agindo sob as ordens do Comando Vermelho, em represália à morte de "Dadinho", registrada no sábado 05/06/2021, após troca de tiros com a polícia, na Redenção, um dos bairros de Manaus, à tarde os manuaras ficaram sem o serviço do transporte coletivo.

No meio da manhã o secretário estadual de segurança, coronel PM Louismar Bonates, afirmou durante coletiva à imprensa, que "a polícia estava nas ruas e que o policiamento havia sido triplicado pra assegurar a manutenção da ordem na cidade". Mas, pelo visto não adiantou, porque parte da estrutura da "Bola das Letras", restaurada e ianugurada na última semana, acabou de ser incendiada, no início da noite.
 
Mas não é só. Muitas pessoas receberam por meio do Whatsapp um comunicado explicativo, uma justificativa para as ações incendiárias colocadas em prática e que aterrorizaram e estão aterrorizando parte da população, que teria sido distribuído pela facção fazendo acusações graves ao secretário de Segurança do Amazonas, coronel PM Louismar Bonates, apontado como chefe de uma milicia. 

As condutas dessas pessoas que atearam fogo nos coletivos e deixaram a população de Manaus sem ônibus neste domingo, sem poder gozar o sagrado direito de ir e vir, são graves e devem ser punidas, exemplarmente, na forma da lei. 

Da mesma forma as denúncias feitas contra o secretário precisam ser apuradas e devidamente  esclarecidas, para o bem de todos.

Não dá mais para suportar tantos desmandos em nossa cidade que, mais uma vez, com certeza, estará nas manchetes de todos os jornais rádios e redes de tv do país, envergonhando aos amazonenses que amam a sua terra.

Não. Não podemos ficar calados e deixar que Manaus acabe se transformando em uma caricatura do Rio de Janeiro, uma cidade considerada 'MARAVILHOSA', mas que acabou sucumbindo aos desmandos que foram empurrados para debaixo dos tapetes nos últimos 20 anos.

Diante da notícia divulgada, informando que a ordem para os atos de vandalismo teriam partido das prisões, durante contatos telefônicos com os chefões, que estariam nas penitenciárias do Rio de Janeiro, não dá para não querer saber o CAMINHO TOMADO pelas verbas bilionárias destinadas ao SISTEMA DE SEGURANÇA DO AMAZONAS nos últimos anos e que também deveriam ter sido usadas para a efetiva instalação de bloqueadores de sinais de telefones das prisões amazonensnes.
 
A polícia precisa agir, agora.

Confira o comunicado.
 
 
 

 

 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS